Paulo Gonçalves abandona prova com a mota em chamas

thumbs.sapo.ptPortugal perde mais um piloto no Dakar 2014.

O piloto de motas Paulo Gonçalves abandonou hoje o Rali Dakar2014 depois de a Honda CRF 450 que conduzia se ter incendiado no decorrer da primeira especial da quinta etapa, confirmou o serviço de assessoria do “motard”.

«O piloto Paulo Gonçalves, campeão do mundo de ralis todo-o-terreno, está fora do Rali Dakar após a sua moto se ter incendiado ao quilómetro 143 da quinta etapa do Rali Dakar 2014, numa altura em que o português assumia o comando» da etapa, indicou a assessoria do piloto em comunicado.

A mesma nota explica que o piloto está «bem» e que abandonou a mota «após esta ter ficado completamente em chamas».

Paulo Gonçalves era 19.º da geral, depois de na terça-feira ter perdido cerca de duas horas a ajudar o compatriota Ruben Faria, vítima de uma queda.

Paulo Gonçalves é o quarto português a abandonar o Rali Dakar 2014, após o abandono de Rúben Faria (KTM) e dos pilotos de carros Carlos Sousa (desqualificação) e Francisco Pita (problemas mecânicos).

O Dakar2014 decorre na Argentina, Bolívia e Chile até ao próximo dia 18, com cinco outros portugueses, todos nas motas: Hélder Rodrigues (Honda), Mário Patrão (Suzuki), Pedro Bianchi Prata (Husqvarna), Victor Oliveira (Husqvarna) e Pedro Oliveira (Speedbrain).

Reveja aqui a entrevista de Paulo Gonçalves ao SAPO Desporto na antecâmara do Dakar2014.

Fonte: desporto.sapo.pt

Você também pode gostar ...

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1