Bolsa nacional vive maior ciclo de ganhos mensal em três anos

indexBolsa nacional prepara-se para a quarta subida mensal seguida, o maior ciclo de ganhos mensal desde Outubro de 2010.

Apesar de cair hoje cerca de 0,8% na sessão de hoje, o principal índice nacional prepara-se para fechar o mês de Outubro com um ganho acumulado superior a 5%. Trata-se da quarta progressão mensal consecutiva, o que corresponde ao ciclo mais prolongado de avanços desde Outubro de 2010, ainda antes do pedido de resgate.

Entre os melhores desempenhos estão Cofina, BES, BPI e Altri, que observam valorizações acima de 20% só este mês.

No caso da banca, os ganhos coincidem com a recuperação em mercado secundário das ‘yields’ implícitas nas obrigações portuguesas – os juros da dívida a 10 anos baixa mais de 40 pontos base para a casa dos 6,2%.

Outubro fica também marcado pelo anúncio de fusão por incorporação da Portugal Telecom na brasileira Oi e, posteriormente, pela saída da Caixa Geral de Depósitos do capital da telecom nacional. O saldo mensal é positivo em 1,5% para a PT.

A Europa também regista ganhos no período. Aqui ao lado, o IBEX 35 de Madrid valorizou 7%, ao mesmo tempo que o índice de referência Stoxx 50 avança mais de 5%, a caminho de máximos de quase três anos.

Os analistas associam esta recuperação do mercado bolsista europeu com o movimento de entrada de grandes investidores internacionais – Bill Gates comprou uma posição relevante na construtora espanhola FCC, num sinal de confiança na bolsa espanhola – e com a expectativa que se foi criando entre os investidores de que a Reserva Federal norte-americana vai adiar para o próximo ano o processo de retiradas dos estímulos à economia.

“Os mercados accionistas do Velho Continente têm sido impulsionados essencialmente por dois factores: a preferência dos gestores globais por esta área económica e a política monetária do Fed”, referiram os analistas do BPI, alertando para uma possível correcção “de curto prazo” que “parece ganhar um peso crescente”.

Fonte: economico.sapo.pt

Você também pode gostar ...

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1