Destaques

Câmara de Alenquer cria parque temático para programa de Natal

Câmara de Alenquer cria parque temático para programa de Natal

Alenquer, conhecida como ‘vila presépio’, tem este ano, pela primeira vez, um parque onde estão concentradas as atividades do programa “Alenquer, Presépio de Portugal”, que decorre até 23 de dezembro, anunciou hoje a Câmara Municipal.

“A maior novidade deste ano é o parque temático, com três mil metros quadrados de área coberta e seis mil metros quadrados de área descoberta, onde está concentrada a maioria das atividades, que no passado estavam dispersas pela vila”, afirmou à agência Lusa o vice-presidente da Câmara, Rui Costa.

A autarquia, no distrito de Lisboa, aumentou em 15% o investimento no programa de Natal – dos 75 mil euros em 2016 para os 88 mil euros este ano – e espera receber nesta época 35 mil visitantes, contra os 23 mil da edição de 2016.

“Alenquer, Presépio de Portugal” tem este ano como novidades a Casa do Pai Natal, a Fábrica de Brinquedos do Pai Natal e o Pátio de Jogos dos Duendes, onde as crianças participam em atividades, como a de construir e embrulhar presentes.

Com entradas a dois euros, que dão acesso a todas as atividades, à exceção da pista de gelo, o programa volta a ter o ‘presépio monumental’, com figuras que chegam aos seis metros de altura erguidas na encosta da vila virada para o rio.

Visitas guiadas ao presépio, sessões de cinema e de contos, espetáculos de teatro, concertos, mercado de rua, animações de rua, mercearia e feira do livro alusivos ao Natal, viagem de comboio, uma grande exposição e mercado de presépios de todo o mundo, espaço de pinturas faciais e outras atividades de animação para crianças constam também do programa.

Para assinalar os 50 anos das cheias de 1967, que causaram danos na vila, o município tem também patente a exposição “Dos 50 anos das cheias ao Presépio Tradicional”.

Com a destruição causada pelas cheias na vila e as obras daí decorrentes, a Câmara Municipal encomendou ao pintor Álvaro Duarte de Almeida um novo presépio, com figuras monumentais, inspiradas na figuração portuguesa dos séculos XVI e XVII.

A partir de 1968, o presépio passou a ser montado na encosta da vila virada para o rio, uma tradição que levou à denominação de ‘vila presépio’.

FYC // ROC

Lusa

VidaFm Rádio

Dezembro 6th, 2017

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *