Header

Proposta Literária “O monstro de Monsanto”

«O Monstro de Monsanto» é o romance de estreia de Pedro Jardim, chefe de polícia com experiência em investigação criminal e autor de diversos livros infantis. A edição é da Esfera dos Livros.

«Uma rapariga encontrada morta na floresta de Monsanto. Um delicado vestido azul a cobrir o corpo. O cabelo cuidadosamente penteado. Uma máscara de papel branco com um poema de Florbela Espanca sobre o rosto. É este o cenário que Isabel Lage, inspetora da Brigada de Homicídios da Polícia Judiciária, encontra no local do crime. A primeira vítima de um serial killer que não deixa pistas, que habilmente se move pela floresta e que parece conhecer todos os passos da polícia. Isabel está apostada em resolver este mistério e fazer justiça em nome das mulheres que morrem às mãos de um assassino frio e calculista. Mas todas as pistas levam a João, o seu antigo companheiro de patrulha, e com quem partilhou mais do que aventuras profissionais.

Pedro Jardim, chefe de polícia com experiência em investigação criminal, traz-nos no seu romance de estreia um thriller empolgante e arrebatador que nos prende até à última página. Pode haver um monstro em qualquer um de nós…»

Sobre o autor

Pedro Jardim nasceu em Lisboa, em 1976, e foi no Alentejo, em Vila Viçosa, onde viveu desde muito novo, que descobriu o prazer pelas artes e pela literatura. Fez o liceu na Princesa do Alentejo, berço da poetisa Florbela Espanca, e licenciou-se em Sociologia, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É chefe de Polícia desde 2006, depois do ingresso na PSP em 1998. Além das funções que exerce, detém também experiência em investigação criminal, com curso de especialização em 2003. A paixão pela literatura fez com que aprofundasse os seus conhecimentos e levou-o a estudar escrita criativa com João Tordo. Vencedor do prémio Mais Literatura 2013, pela revista Mais Alentejo, publicou a sua primeira obra, As Crónicas do Avô Chico, em 2011 e A Senhora da Tapada, no ano seguinte. Conta com inúmeras participações em antologias de poesia e livros de contos. Ser pai levou-o a apaixonar-se pela literatura infanto-juvenil, área que tem já dois títulos editados: O Dragão Rouxinol e Gigante Gigantão, de 2013 e 2014. Com um e outro, tem visitado livrarias, bibliotecas e escolas por todo o país. O Monstro de Monsanto é o seu primeiro romance.

Site do autor

www.escritorpedrojardim.com

Você também pode gostar ...

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1